A 19° Câmara Cível do Tribunal de Justiça condenou a Goldfarb 7 Empreendimento Imobiliário e PDG Reality S.A. a indenizarem casal.  O Colegiado reconheceu danos morais pelo descumprimento do prazo de entrega de imóvel.

Caso

Os autores da ação narram que firmou contrato com as empresas para construção de imóvel em condomínio residencial, no valor de R$ 101.254,20. Afirmaram que o contrato previa possibilidade de prorrogação da entrega em até 6 meses. Porém, após 17 meses, o imóvel não havia sido concluído. Destacam que a conduta das rés causou-lhes prejuízos de ordem moral e pediram pagamento de juros moratórios por mês de atraso.

As rés contestaram, alegando que não agiram de má fé, e que no contrato não existe previsão para multa em caso de atraso na entrega do imóvel.

Na Comarca de Novo Hamburgo, foram concedida multa moratória, mas não a indenização por danos morais. Os autores recorreram ao Tribunal de Justiça.

No TJRS o relator da apelação foi o Desembargador Eduardo João Lima Costa. Ele destacou que o atraso na entrega do imóvel frustrou a expectativa dos autores, já que possuíam o sonho da casa própria, e que nela, depositaram todas as suas economias.

O magistrado entendeu que o caso não se trata de um mero aborrecimento, mas sim de uma relevante frustração, devido ao descumprimento contratual por parte da ré.

“O descumprimento do contrato, após o transcurso de 17 meses do prazo de tolerância, ocasionou frustração substancial á parte demandante, sendo fato gerador de sofrimentos que transcendem meros aborrecimentos cotidianos”, afirmou o relator.

O Desembargador fixou a indenização por danos morais, no valor de R$ 5 mil.

Participaram da sessão, acompanhando o voto, os Desembargadores Voltaire De Lima Moraes e Mylene Maria Michel.

 

Fonte:TJRS


Por: Sabatti Advogados

Publicado em: 3 de novembro de 2020

Compartilhar:

voltar

Notícias Recomendadas:

16/09/2022

Por: Livio Sabatti

Construtora deve indenizar cliente por entrega de imóvel diferente do decorado


Ao visitar um imóvel decorado, cria-se a expectativa no comprador de que, [...]

14/09/2022

Por: Livio Sabatti

União terá que pagar cirurgia para homem que precisa de novo gerador de marcapasso


O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) manteve decisão que ordenou [...]

12/09/2022

Por: Livio Sabatti

Operador de máquinas que perdeu olho em acidente deve receber indenizações por danos morais, materiais e estéticos


A 11ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (RS) condenou um [...]